Maio nem terminou e já podemos afirmar que o fotógrafo de 2013 é Mauricio Lima, representado pela DOC Galeria. Talvez o mais premiado profissional do fotojornalismo brasileiro da última década, Mauricio nessas semanas mais recentes recebeu outros dois importantes reconhecimentos dentro do contexto internacional. Nesta semana, Mauricio foi um dos vencedores no PDN Photo Annual 2013, prêmio da conceituada publicação mensal norte americana dirigida ao mercado profissional, com o ensaio Portugal, Tension and Transition, sobre como a crise financeira na Europa tem afetado a vida dos portugueses, publicado no The New York Times. pdn_mauriciolimaNeste mesmo mês, no Pictures of the Year Latin America 2013, organizado pela rede de fotojornalistas ibero-americanos Nuestra Mirada, Mauricio Lima ficou em segundo lugar na categoria Fotógrafo do Ano, atrás do chileno Tomás Munita. Ainda no POY Latam 2013, Mauricio ficou em segundo lugar na categoria Notícias (série), com Libya Hurra e ganhou Menção Honrosa na categoria Retratos (individual), também com Libya Hurra. Entre os jurados, estavam nomes como a brasileira Nair Benedicto, a americana Mary Ellen Mark, o francês Pascal Maitre e a espanhola Cristina Garcia Rodero, da Magnum. A cerimonia de entrega do PDN Photo Annual 2013 acontecerá no próximo dia 28 de maio, na cidade de Nova Iorque. Mauricio Lima formou-se em Comunicação Social pela PUC-SP. Começou sua carreira em 1999 como estagiário no jornal esportivo Lance!. Foi pela Agence France-Presse, para quem fotografou por quase 11 anos, que testemunhou as principais transformações políticas e sociais na América Latina e no Oriente Médio, antes de tornar-se freelance no início de 2011 para desenvolver projetos pessoais em paralelo a frequentes trabalhos realizados para o The New York Times. Suas fotografias tem sido publicadas na Time, The New York Times Magazine, Newsweek, Der Spiegel, Le Monde, entre outros, além de entidades como ONU, UNICEF e UNIDIR.